1 / 9
Vale da Candeeira, Manteigas
2 / 9
Lapa do Suão, Bombarral
3 / 9
Ribeira de Alpreade, Idanha-a-Nova
4 / 9
Pego da Rainha, Mação
5 / 9
Oledo, Idanha-a-Nova
6 / 9
Oledo, Idanha-a-Nova
7 / 9
Salvaterra do Extremo, Idanha-a-Nova
8 / 9
Salvaterra do Extremo, Idanha-a-Nova
9 / 9
Serra de Aire e Candeeiros

A Paisagem resulta de um processo dinâmico, de uma interação permanente entre o Homem e a Natureza, entre uma Sociedade e o seu Território.

O que é?
O ‘Museu da Paisagem’ é um museu digital dedicado à paisagem, que procura contribuir para a formação de uma cidadania paisagística, despertando nos cidadãos um sentido crítico e participativo sobre a paisagem.

Quando?

A sede online do ‘Museu da Paisagem’ abrirá ao público na primavera de 2019.

O que oferece?
As exposições iniciais serão dedicadas à bacia hidrográfica do rio Tejo e terão um conjunto de conteúdos multimédia e guias impressos para acompanhar o visitante ao longo dos itinerários sugeridos. A proposta é observar a paisagem in sito e complementar a visita com informação sobre as suas diferentes camadas (ecológica, económica, cultural, da sua memória e identidade).

As atividades e os públicos.

A realização de atividades regulares dirigidas a diferentes públicos é essencial para que o Museu da Paisagem cumpra a sua missão. Até abril de 2019, durante o processo de construção do museu, temos também ensaiado algumas atividades que queremos desenvolver no futuro. A realização de conferencias, ciclos documentais, exposições, workshops, visitas guiadas e residências paisagistas, são algumas das atividades desenvolvidas e previstas no âmbito do funcionamento do Museu.

O projeto protótipo.
“O projeto “Museu da Paisagem” entende a conservação na consciencialização e manutenção de uma paisagem saudável. O registo sistemático e criterioso da paisagem em diferentes linguagens, e a busca de uma metodologia, evidenciam-se no projeto-piloto de dimensão laboratorial agora apresentado e é por si só um desafio exigente, mas necessário à constituição de um protótipo para futura expansão a múltiplos segmentos do território.”

A equipa.

O Projeto Museu da Paisagem, sediado na Escola Superior de Comunicação Social, conta com mais de 40 colaboradores, estando a ser desenvolvido por uma equipa multidisciplinar de especialistas, investigadores, professores e estudantes de licenciatura e mestrado.

O financiamento do projeto.
O financiamento do projeto. O Protótipo do Museu está a ser desenvolvido através do Projeto “Narrativas e experiência do lugar: bases para um Museu da Paisagem” (LISBOA-01-0145-FEDER-023382), financiado por Fundos Europeus Estruturais e de Investimento (FEEI), Programa Operacional Competitividade e Internacionalização e do Programa Operacional Regional de Lisboa, e pelo Orçamento de Estado, através da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).

Os parceiros.

Este projeto de I&D está a ser desenvolvido pelo Instituto Politécnico de Lisboa em parceria com o Instituto Politécnico de Santarém, Instituto Politécnico de Castelo Branco e a empresa STRIX, Ambiente e Inovação.

Contactos.
O Museu da Paisagem será sempre um projeto em construção. A sua continuidade só será bem sucedida se contar com uma participação alargada de parceiros, colaboradores e voluntários. Caso esteja interessado em participar nesta “Paisagem em Rede”, ou se precisar de mais informações, não hesite em contactar-nos.